Bem-vindo!

INTRODUÇÃO À PEDAGOGIA DAS ATIVIDADES CIRCENSES

Disponibilidade: Em estoque

R$58,00
OU

Descrição Rápida

Organizador: Marco Antonio Coelho Bortoleto
1ª edição - 2008
272 páginas
Formato: 21 cm X 28 cm
ISBN: 978-85-87114-52-5

INTRODUÇÃO À PEDAGOGIA DAS ATIVIDADES CIRCENSES

Detalhes

Se há trinta anos, uma menina dissesse a sua mãe quero aprender a voar em um trapézio. Sua mãe teria rido. E mesmo que ela a tivesse levado a sério, a não ser que ela fosse uma trapezista, não saberia onde levá-la. O circo aprendia-se no circo, e quem aprendia era gente do circo. Mas justo neste momento, em diferentes lugares do planeta, o circo estava se reinventando. Nas praças das grandes cidades prosperavam jovens artistas, malabaristas, acrobatas, palhaços de todas as cores, sendo a maioria autodidata, dando o novo vigor à linguagem do circo e atualizando-o, a um público acostumado a receber entretenimento por esses meios. A inegável expansão das práticas circenses na sociedade brasileira vem atraindo a atenção de artistas e também de outros profissionais que se dedicam às atividades cujas temáticas coincidem com o Circo em algum de seus aspectos. Embora a produção intelectual acerca do Circo tenha crescido significativamente nos últimos anos, observamos que a maior parte dela tem como objetivo o resgate histórico e a preservação deste patrimônio cultural da humanidade. Conscientes da expansão deste fenômeno na modernidade, assim como de suas transformações, como, por exemplo, sua utilização no âmbito social, recreativo, educativo e fundamentalmente artístico ou performático (Bortoleto e Machado, 2003), iniciamos, há anos, diferentes estudos que pretendem desvendar alguns dos aspectos pedagógicos, materiais e tecnológicos das práticas circenses e sua relação com os diferentes âmbitos de desenvolvimento (manifestação). Estes esforços preliminares deram origem a diferentes artigos (Bortoleto, 2003, 2004, 2006, Bortoleto e Duprat, 2007, Bortoleto e Calça 2006, 2007, entre outros) e vêm sendo foco de novas aproximações discutidas no interior do Grupo de Estudo e Pesquisa das Artes Circenses (CIRCUS) na Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). http://www.unicamp.br/fef/grupos/circus/index.htm Com respeito ao seu conteúdo, esta obra pretende apresentar os princípios elementares para o ensino de diferentes modalidades circenses, independentemente do âmbito onde eles sejam tratados (educativo, social, recreativo ou artístico-profissional), assim como discutir os fundamentos necessários para a otimização do processo de formação corporal do artista circense (preparação corporal, segurança, etc). Neste sentido, a primeira parte do livro dedica-se a discutir os princípios elementares do processo de ensino-aprendizagem, além de alguns elementos históricos e contextualizadores, de onze modalidades circenses: acrobacia de solo, malabares (bolas), palhaço, rola-rola, parada de mãos, perna de pau, acrobacia coletiva, monociclo, tecido, trapézio fixo e báscula. Já a segunda parte, analisa alguns fundamentos teóricos e históricos das artes circenses, de sua aplicação de diferentes âmbitos de prática, assim como aspectos que podem complementar a formação dos artistas e na aplicação destes conhecimentos em diferentes setores. Por último, se oferece algumas informações sobre os autores, colaboradores e artistas circenses tradicionais entrevistados, além das referências bibliográficas emprega das nesta obra. De forma geral, esperamos contribuir para a difusão de forma unificada dos conhecimentos de artistas tradicionais e as novas perspectivas produzidas por outros profissionais, facilitando o acesso a artistas já iniciados, assim como, de profissionais novatos, aos conhecimentos básicos para a prática de ensino da arte do Circo. Por conseguinte, pretendemos que estas breves linhas sirvam de alguma forma para estimular outros estudiosos e artistas, que se dedicam à docência das técnicas circenses, a criar novas produções, novas formas de ensinar, assim como a revisarem seus métodos de ensino. Obviamente somos conscientes dos limites da obra e de seu carater introdutório, apesar disto, esperamos que ela instigue novas produções assim como críticas e avanços neste setor. Bem vindos ao picadeiro da “Introdução à Pedagogia das Atividades Circenses”!

PARTE I - ASPECTOS TÉCNICOS E PEDAGÓGICOS

Capítulo 1

- Acrobacia de Solo.

Marco Antonio Coelho Bortoleto.

Capítulo 2

- Malabares (Bolas).

Rodrigo Mallet Duprat e Marco Antonio Coelho Bortoleto.

Capítulo 3

- Palhaço.

Luiz Rodrigues Monteiro Junior.

Capítulo 4

- Rola-Rola.

Marco Antonio Coelho Bortoleto.

Capítulo 5

- Parada de Mãos.

Marco Antonio Coelho Bortoleto e Rodrigo Mallet Duprat.

Capítulo 6

- Perna de Pau.

Marco Antonio Coelho Bortoleto.

Capítulo 7

- Acrobacia Coletiva.

Danielle Lopes Tanan e Marco Antonio Coelho Bortoleto.

Capítulo 8

- Monociclo.

Marco Antonio Coelho Bortoleto, Daniel de Carvalho Lopes e Danilo Aparecido Morales.

Capítulo 9

- Tecido.

Daniela Helena Calça e Marco Antonio Coelho Bortoleto.

Capítulo 10

- Trapézio fixo.

Daniela Helena Calça e Marco Antonio Coelho Bortoleto.

Capítulo 11

- Báscula.

Marco Antonio Coelho Bortoleto e Gustavo de Arruda de Carvalho.
 

PARTE II - FUNDAMENTOS PARA A PRÁTICA DO CIRCO E ASPECTOS COMPLEMENTARES

Capítulo 12

- Saberes circenses: ensino/aprendizagem em movimentos e transformações.

Erminia Silva.

Capítulo 13

- Nutrição e Circo: aspectos complementares.

Maria Luisa Bellotto.

Capítulo 14

- As relações do Circo com a Escola.

Jorge Pérez Gallardo e Luis Linzmayer Gutiérrez.

Capítulo 15

- Construção de Materiais.

Luciana Coelho Bortoleto.

Tags do Produto

Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.